Autor: Interface CTI

Sapato ecológico é feito com plástico de algas

A inglesa Vivobarefoot anuncia o lançamento do sapato feito com biomassa de algas, que substitui o plástico derivado de petróleo. O material vem da parceria com a Bloom, da Califórnia, especializada no processo de transformação da alga em plástico vegetal. A biomassa é desidratada e seca, depois misturada com outros compostos para se tornar uma espuma flexível. Dependendo da formulação e da aplicação a alga pode ser utilizada em proporções de  15 a 60 por cento do produto final. Veja aqui a íntegra da matéria, em inglês, na publicação Bio-Based World...

Leia mais

Biocombustível de uísque é aprovado em test drive

Os resíduos da fabricação do uísque são matéria-prima para a produção de biobutanol, utilizado como combustível em mistura de 15% com gasolina. A Celtic Renewables, de Edinburgh, Escócia, responsável pelo processo de produção, realizou, no início do mês o teste drive com veículo pilotado por uma repórter da BBC. A Celtic Renewables é uma start up criada na Napier University em 2012 que retomou uma técnica tradicional de fermentação para aproveitar os subprodutos da indústria de uísque. Veja a íntegra da matéria, em inglês, no site da publicação especializada...

Leia mais

ABIHPEC lança Guia Orientativo para Acesso à Biodiversidade Brasileira

A  Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos , ABIPHEC, lançou, dia 5 de julho, em São Paulo, o Guia Orientativo para Acesso à Biodiversidade Brasileira. O trabalho lembra em sua apresentação que a Lei da Biodiversidade, apesar de ter sido feita para dar segurança a quem pesquisa e desenvolve produtos na área, trouxe desafios quanto à sua correta aplicação. Por isso, o Guia visa auxiliar as empresas do setor na correta compreensão para cumprimento das novas normas. Com 80 páginas, o Guia contextualiza o cenário em que a lei se tornou necessária tratando da Convenção sobre Biodiversidade e Protocolo de Nagoia. Traz um capítulo sobre a Lei e o Setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos; aborda os aspectos do Patrimônio Genético, Conhecimento Tradicional Associado e Repatriação de Benefícios. O Guia está disponível no site da entidade para download. Veja o link aqui Com informações da Ascom da ABIPHEC    ...

Leia mais

Cientistas identificam gene que possibilita a ausência de sementes na uva

Agência Embrapa (Viviane Zanella) Os mecanismos genéticos e celulares que levam à formação ou ausência da semente na uva (apirenia) acabam de ser desvendados pela equipe do Laboratório de Genética Molecular Vegetal daEmbrapa Uva e Vinho, em Bento Gonçalves (RS), em conjunto com cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).  A descoberta tem potencial de acelerar e subsidiar pesquisas para desenvolver uvas sem sementes, por meio do uso de técnicas de biotecnologia. Veja aqui a íntegra da matéria.  Os mecanismos genéticos e celulares que...

Leia mais

JUNHO: avanço na gestação de bovinos; negócios em energia solar; insulina em pó

Startup do interior de São Paulo, em parceria com a USP, patenteia processo para aumentar fertilidade de animais; Brasil tem mais de mil pequenos negócios ligados à energia solar fotovoltaica; empresa faz acordo para produzir insulina inalável em pó; genoma do caramujo Schistosoma mansoni é sequenciado. Produto aumenta taxa de prenhez e número de crias em bovinos Agência Fapesp – Uma molécula capaz de aumentar a taxa de prenhez e diminuir a perda embrionária no início da gestação de bovinos foi descoberta por pesquisadores da empresa Inprenha Biotecnologia, em Jaboticabal, em parceria com colegas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de...

Leia mais

Finep lança edital de R$ 50 milhões para alavancar startups

Agência Brasil (Fernanda Cruz) A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) lançou dia 26, na capital paulista, um programa para disponibilizar R$ 50 milhões com objetivo de alavancar startups – ideia inicial de negócio que pode vir a gerar lucro – no país. Serão selecionadas 50 startups e cada uma receberá até R$ 1 milhão em recursos. O edital será publicado amanhã (27) no Diário Oficial da União. Segundo Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque, presidente da Finep, o projeto poderá chegar, futuramente, a até R$ 500 milhões. “Estamos lançando uma primeira fase para ir testando o modelo, mas já tem um volume razoável. Normalmente, programas de apoio a startups dão apoios financeiros bem menores, R$ 50 mil, R$ 100 mil, R$ 200”. O evento de lançamento teve presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab. “Conheço o tema com profundidade e a minha presença aqui significa o apoio muito forte do governo. Esta é uma das principais finalidades da Finep, apoiar projetos como estes. É inquestionável que será bem sucedido. Em breve, serão aportados mais recursos.” Além do ministro, potenciais empreendedores acompanharam a reunião. Para Cintra, a receptividade foi muito positiva. “O projeto atende a uma carência do mercado. Empresas que estão nesta fase de vida, que se chama vale da morte, em que já desenvolveu a base científica do seu projeto, mas tem dificuldade de...

Leia mais

E se o nosso Congresso Nacional fosse cientificamente alfabetizado?

Nossa Ciência- Artigo de Thiago Lustosa – Existe uma imagem histórica, no período entre as grandes guerras, na qual o físico nuclear Oppenheimer discute uma explosão experimental com o general e seu chefe, Leslie Groves, um dos principais mentores do programa norte americano da bomba atômica (Projeto Manhattan). Nessa época e, durante grande parte do período Pós-guerra, a ciência ocupava o centro das decisões políticas, tanto pelo seu papel estratégico para fins militares, como pelo seu sinergismo com os governos e a indústria. Tal aliança perigosa, por outro lado, mobilizava cientistas opositores a tais ideias como Albert Einstein e Bertrand Russel, ambos pacifistas e preocupados com as consequências desastrosas se certas decisões fossem tomadas. A destruição das cidades japonesas, e o clima tenso durante a Guerra Fria provaram que a preocupação de ambos fazia muito sentido. No mundo Pós-genoma, as decisões continuam sendo políticas, mas a diferença é que a ciência deixou de ocupar o centro de tais decisões, sendo substituída pelos mercados financeiros. Para confirmar isso, basta ver a decisão recente do Presidente americano Donald Trump, que anunciou que os Estados Unidos irão abandonar o acordo de Paris. Tal decisão desconsidera a quantidade avassaladora de estudos realizados pela comunidade científica alertando para as consequências devastadoras dos eventos climáticos extremos decorrentes do aquecimento global. Estes eventos, por sua vez, tem sua causa primária no aumento desenfreado das emissões de...

Leia mais

CTNBio aprova cana-de-açúcar transgênica e Brasil será primeiro país do mundo a iniciar a produção

Ascom MCTIC – A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou, nesta quinta-feira (8),  a liberação comercial de cana-de-açúcar geneticamente modificada. Com isso, o Brasil vai ser o primeiro país do mundo a produzir esse tipo de cana. A CTNBio também aprovou a liberação comercial de uma vacina viva recombinante contra a influenza de equinos, denominada Proteqflu. “Desde os tempos coloniais, a cana-de-açúcar tem um papel importante para a economia brasileira. O fato é que o Brasil desenvolveu e vai ser o primeiro país do mundo a aplicar a biotecnologia em cana. Com isso, a produtividade e a qualidade do produto devem aumentar”, avaliou um dos relatores do pedido, o professor Jesus Aparecido Ferro, do Departamento de Tecnologias da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ele ressaltou que a decisão da CTNBio é baseada na segurança dos estudos comprovados. “Da maneira que está sendo produzida, não oferece nenhum risco”, ressaltou. O pedido de liberação foi feito pelo Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), que desenvolveu uma variedade da planta resistente à broca do colmo, praga comum nos canaviais do centro-sul do país. Segundo o presidente da CTNBio, Edivaldo Velini, em duas décadas de existência, a comissão elaborou relatórios acerca de 74 pleitos de Liberação Planejada no Meio Ambiente (LPMA) de cana-de-açúcar transgênica. “A liberação da cana, decisão tomada hoje pela maioria dos membros da CTNBio, é, certamente, uma tecnologia que será importante...

Leia mais